sábado, 4 de maio de 2013

SURPREENDENDO MEU AMOR !!!




Como já devem ter notado, ando meio ausente,pois tenho trabalhado e estudado demais.. e isso gerou um pouco de abandono do blog e do Kadu também, inacreditável mas é verdade, e como aquele velho ditado diz :" quem não dá assistência, abre concorrência e  perde a preferência.'' Era exatamente o que estava acontecendo, homem não dá pra descuidar,e comecei a observar que o Kadu andava bem saidinho como o de costume, eu como uma cadela nata, tenho um faro aguçado, imaginei hummmm aí tem, se não tem, vai ter, rsrs... E tanto o Kadu como eu, estudamos, e ele do trabalho vai direto pra facul dele, e como saio mais cedo sempre passo em casa, tomo banho, faço o que tem pra fazer e vou pra minha(faculdade), mas nesse dia resolvi não ir, me produzi linda, maravilhosa e gostosa e sem calcinha, e fui de ônibus até a facul dele, justamente pra voltar com ele, procurei o carro  no estacionamento e parei como uma piranha esperando um fregues, rsrs,  não avisei que estava ali, ele achou que estava estudando, de repente lá vinha ele, (não é porque é meu macho, mas o fdp é gostoso demais), e vinha acompanhado de uma vadiazinha. e quando me viu, de negro virou branco, primeiro porque ele não esperava e segundo, como vocês sabem na nossa relação não se pode foder com quem quiser e muito menos sem a presença do outro. 
De cara, vi pela risada dela, pela maneira que articulava as mãos que estava afim de dar pra ele e ele logico de comer, mas quando eles me viram, ficaram sem graça demais, rsrs e me disse: - O que está fazendo aí, amor? Veio me fazer uma surpresa? 
Disse: sim, vim te buscar pra irmos juntos pra casa, cumprimentei a ''galinhazinha'' que se apresentou com o nome de Bia, olhei bem pra cara dele, ele entendeu meu olhar e vi que não gostei, mas como vocês sabem bem, meu ciumes e o tesão caminham juntos. 
Ele disse: ''Mô'', se importa se deixarmos a Bia em casa, é  nosso caminho mesmo?  Prontamente disse: Claro que não! A tal Bia broxou, ou seja os planos dela foi frustrado, e o Kadu apesar de gostar de putaria, orgia, ele é cavalheiro, abriu a porta do carro pra mim e pra Bia  entrar, também... quando ele entrou, comecei a passar as mãos pelo pescoço dele, desci ate as pernas, olhei pra trás e disse: Bia, você é casada, tem namorado? 
Ela respondeu que não e perguntei em seguida: você está com  pressa? Porque não vamos fazer um lanche antes de irmos pra casa, está uma noite tão gostosa, Kadu prontamente disse:- boa ideia! 
Ela disse:- por mim tudo bem.
Ele safado que é, já tinha percebido minhas intenções, comecei a acariciar aquela rola deliciosa que me mata de tanto prazer 
Ele disse:- Mô, o que a Bia vai pensar de nós? Você me acariciando dessa maneira na frente dela, eu ri e me virei e fiz a pergunta a ela, é Bia o que você vai achar em me ver acariciando o Kadu aqui na sua frente? 
Ela, meio que sem graça, disse:- acho nada, vocês, são um casal e intimidade entre casais é normal. Voltei a perguntar a ela:- se eu quiser pagar um boquete na sua frente, pra você vai ser normal? (Percebi que ela já estava incomodada com meu tesão e também estava com tesão) Ela respondeu :- Não... Eu eu nunca assisti ao vivo
Eu:- gostaria de ver?
Ela riu, sem graça e disse já que estamos aqui( eu não me engano com vadias que gostam de ser fazer de santas)
 Prontamente desci o zíper do jeans do Kadu, e aquela rola já pulou pra fora, e comecei a abocanhar aquele cacete, levantei a cabeça e perguntei a ela: - Bia, você não quer experimentar? A piranha safada,respondeu: - Se você permitir?
 Pedi ao Kadu pra dirigir e ele passar o banco de trás, já que a fdp queria provar da minha rola, do meu parque de diversão que é o Kadu, ele sentou de quina a vadia se posicionou, pra chupa-lo e pôs o rabo na divisão dos bancos da frente, alisei a bunda dela, ela tomou um susto, olhou pra frente, riu e deu uma reboladinha, Kadu disse:- vamos pra outro lugar? Disse quem sabe depois, enquanto ela o chupava ele tentava meter os dedos na buceta dela, vendo isso aproveitei que o sinal fechou, levantei o vestido dela e tirei a calcinha, pra facilitar para o puto safado, e ela estava ensopada, fdp!! Vadia, deixei os dois brincarem, não quis entrar na brincadeira, porque ela não me despertou tesão, se tivesse escolhido para o Kadu, ela certamente não faria parte da minha seleção, mas pra ele, mijou sentada é mulher, fazer o que? 
Voltando ao assunto, vi que ela estava adorando chupar aquela rola toda, nunca teve algo tão grosso na sua boca, parei no acostamento, abir minha bolsa, como ando prevenida, coloquei uma camisinha no vibrador e meti na xota dela, enquanto ela chupava o Kadu eu fodia ela com o vibra, Kadu não demorou gozar e como ele é mau, sentiu que ia gozar, atolou a rola na guela da fdp, ela quase vomitando, nao quis engolir a porra dele e ficou segurando na boca, e não iriamos forçar nada com ela, pedi que me beijasse assim eu engoliria a porra do meu macho quando ela se virou pra me beijar Kadu assumiu o controle do vibra, retirou da xota dela e começou a fuder e como ela estava bem aberta peguei o vibra e pus no grelo dela, ela começou a estremecer e logo gozou, so que o Kadu não tinha gozado novamente, como ela aceitou a brincadeira teve que aguenta-lo ate ele gozar a segunda vez, e pra isso, meus amores... ela teve que rebolar gostoso naquela rola, ele gozou novamente, e ela percebeu que não é qualquer uma que aguenta a maneira que ele fode, tem que gostar muito e ter disposição. Ela se ajeitou e disse que já era tarde, pois levantava cedo para trabalhar(desculpa mais boba, ela viu que não dava pra ela), perguntei qual era a direção da casa, ela disse que poderíamos deixar-la na esquina de casa que não tinha problema, pois assim o fiz, ela desceu, Kadu passou para o banco da frente, e disse: -Sua gostosa da porra, por isso que te amo, preta safada, me deu uma coleguinha, dei um tapa na cara dele e disse:- Seu filho da puta, agora é comigo, estava com tesão por outra, é seu ''negro sujo, ordinário, cafajeste,'' você  vai me pagar quando chegar em casa, vou te mostrar quem é que manda nessa porra, vira-lata!! Te dou ração de primeira e revira lixo, seu puto (ele fica louco de tesão, quando começo a xinga-lo assim) e o puto ja estava de pau duro novamente, pedimos um lanche e seguimos pra casa, afinal minha festa, minha sessão tortura ia começar, mas isso eu conto numa próxima vez...



quinta-feira, 2 de maio de 2013

Video da Malu pra vocês!

Pedido de desculpas por estar um pouco ausente, já já tem relato gostoso pra vocês!


video